Configurando e entendendo o arquivo sip.conf

Nesse artigo estarei mostrando algumas configurações do arquivo sip.conf.

Com as extensões configuradas podemos chamar umas as outras, efetuar e receber chamadas através de provedores Voip, escolher os codecs de audio e video, determinar o idioma das locuções e conectar nossa central Asterisk a outras centrais. Estou utilizando a versão 1.6.x mas a maioria das configurações também são válidas para as versões anteriores.

SIP.conf

[general] ; chave  onde ficam as configurações gerais de SIP

allowguest=no ; Não permitir que ramais remotos façam chamadas sem uma senha

bindport=5060 ; é a porta utilizada para que os ramais SIP possam se conectar no servidor asterisk(protocolo UDP)

bindaddr=0.0.0.0 : endereço IP para conectar-se no servidor asterisk  (nesse caso qualquer ip configurado no servidor asterisk)

;tcpenable=yes ; desde a versão 1.6 é possível configurar o servidor para que permita conexões TCP

;tcpbindaddr=0.0.0.0:5059 ; IP e Porta para as conexões SIP com o protocolo TCP

callevents=yes ; Quando existem eventos eles podem ser notificados no Asterisk Manager (util para programas externos tipo FOP)

context=ramais; esse é o contexto padrão caso os ramais não tenham esse parametro especificado

domain=sip.meudominio.com.br. ; é o dominio local para o servidor Asterisk

domain=192.168.0.100 ; Se queremos conectar no Asterisk usando um segundo dominio (exemplo uma rede VPN)

subscribecontext = subscribe; contexto onde configura os ramais para ativar a função subscribe do protocolo SIP

allowsubscribe=yes ; este permite que os ramais possam controlar o estado dos demais

notifyringing=yes ; notifica se a extensão  está ringando as demais extensões

notifyhold=yes ; notifica se a extensão está em espera

disallow=all ; desabilita todos os codec (audio e video)

allow=ulaw ; habilita o codec ulaw como padrão para todas as extensões

allow=alaw ; igual ao anterior, mas para o codec alaw

useragent=X-Lite ; a central asterisk se apresentará com este nome. A vezes alguns proveedores não permiten conectar-se a eles se reconhecem que atrás da conexão está um servidor Asterisk. E deste modo nos apresentamos como se fosse um  softphone X-Lite

realm=sip.meudominio.com ; se definirmos essa opção poderemos criar as senhas criptografadas com o protocolo MD5

t38pt_udptl=yes ; permite o uso do protocolo T38 (fax sobre IP) apenas para conexões diretas

videosupport=yes ; Para permitir video chamadas

srvlookup=yes ; permite fazer buscas de registros DNS SRV para chamadas SIP baseadas nos nomes de dominio

Registrando os provedores de chamadas

Se você utilizar linhas analógicas ou E1 não serão necessárias essas configurações. Nesse exemplo estaremos utilizando o provedor VONO.

register => loginvono:senha@vono.net.br/loginvono

Nos registramos com o provedor com o  usuario loginvono. senha  e o dominio do provedor. Se o provedor utiliza-se de uma porta diferente da 5060 teremos que especificarna linha de registro

register => loginvono:senha@vono.net.br:5061/loginvono

Configurando as extensões

[6000] ; número do ramal

accountcode=6000 ; e o código que aparecerá nos  registros de chamadas para esta extensão

language=pt-BR ; se temos instalado mais de um idioma de locução, aquí podemos definir qual o idioma usará a extensão

type=friend ; tipo de extensão. Pode ser friend, user ou peer. Friend pode fazer e receber chamadas, user apenas receber e  peer apenas pode fazer (como é  o  caso dos provedores VoIP que usamos apenas  para fazer chamadas)

secret=senha;senha da extensão para registro no Asterisk

qualify=yes ; Para saber se o tempo de resposta de uma extensão pode ser alcançada ou não

mailbox=6000@default ; é a caixa de mensagens de voz da extensão (segundo as configurações do arquivo voicemail.conf)

host=dynamic ; se extensão remota se conecta ora com um IP ora com outro

dtmfmode=rfc2833 ; é o protocolo para enviar os tons de DTMF

context=ramais; é o contexto utilizado pela extensão

canreinvite=no ; se queremos que uma conexão se conecte diretamente com outra extensão. Caso queria que o Asterisk faça a ponte então deixe com o valor no

nat=yes ; se a extensão se conecta ao servidor Asterisk por de trás de um firewall tem que usar a vlor yes

callerid=Mestre<6000> ; é o nome e o número que identifica a extensão

disallow=all ; desabilita todos os codecs

allow=gsm ; habilita o codec de audio gsm (é o primeiro a se utilizar durante uma chamada)

allow=ulaw ; habilita o codec audio ulaw

allow=alaw ; habilita o codec audio alaw

allow=g729 ; habilita o codec audio g729

allow=h263 ; habilita o codec vídeo h263

Agora um exemplo de configuração do provedor Voip

[vono] ; nome do provedor

type=friend ; para fazer e receber chamadas

username=loginvono

secret=senha

domain=vono.net.br

fromuser=loginvono

fromdomain=vono.net.br

host=vono.net.br

insecure=invite,port

qualify=no

port=5060

nat=no

disallow=all

allow=gsm

allow=g729

allow=ilbc ; altere os codecs para adequar as suas necessidades.

allow=alaw

allow=ulaw

dtmfmode=rfc2833

context=vono

reinvite=no

canreinvite=no

Cada vez que trocarmos a configuração do nosso sip.conf temos que recarregá-la. Abrimos a console do Asterisk

asterisk -rvvvvvvvvvv

e escrevemos

CLI> sip reload

Reloading SIP

Estes comandos estão disponíveis para o SIP

CLI> help sip

sip notify Send a notify packet to a SIP peer
sip prune realtime [peer|all] Prune cached Realtime users/peers
sip qualify peer Send an OPTIONS packet to a peer
sip reload Reload SIP configuration
sip set debug {on|off|ip|peer} Enable/Disable SIP debugging
sip set history {on|off} Enable/Disable SIP history
sip show {channels|subscriptio List active SIP channels or subscriptions
sip show channelstats List statistics for active SIP channels
sip show channel Show detailed SIP channel info
sip show domains List our local SIP domains
sip show history Show SIP dialog history
sip show inuse List all inuse/limits
sip show objects List all SIP object allocations
sip show peers List defined SIP peers
sip show peer Show details on specific SIP peer
sip show registry List SIP registration status
sip show sched Present a report on the status of the sched queue
sip show settings Show SIP global settings
sip show tcp List TCP Connections
sip unregister Unregister (force expiration) a SIP peer from the registry

Provem esses comandos para ver o que se passa;

Abraço a todos!

Related Posts with Thumbnails

Deixe um comentario